Projeto Ave Missões: Pesquisa, Educação Ambiental e Conservação com Aves da Região Noroeste do Rio Grande do Sul

quinta-feira, 24 de outubro de 2013

Dois passarinheiros conhecendo o Turvo

Gavião-de-penacho no Turvo. Foto: D. Meller.
... Logo na chegada, uma das espécies mais raras do Rio Grande do Sul apareceu para recebê-los. Era o pica-pau-de-cara-canela.

Sua recepção, no entanto, não foi tão generosa assim, e sequer uma foto ficou para lembrança dos visitantes.

Com este encontro começamos o fim de semana passado no Parque Estadual do Turvo, na esperança de que pela frente poderia vir muito mais...


Meus amigos passarinheiros estavam conhecendo, enfim, o Turvo, e estavam com a expectativa de fotografarem cerca de 30 espécies inéditas. A meta foi um pouco alta, mas grande parte pode ser atingida.                                                        
Estalador (Corythopis delalandi). Foto: Paulo Dorensbach.
  
Saíra-sete-cores (Tangara seledon). Foto: Paulo Dorensbach.

Conseguimos também registrar uma espécie que eu particularmente nunca havia encontrado no local, mas que é citada na lista do parque, o caneleiro-de-chapéu-preto.

Caneleiro-de-chapéu-preto (Pachyramphus validus). Foto: D. Meller.

Conseguimos também encontrar algumas espécies com hábitos crepusculares e noturnos, as quais renderam excelentes observações e fotos.

Falcão-caburé (Micrastur ruficollis). Foto: D. Meller.

Tuju (Lurocalis semitorquatus). Foto: D. Meller.

Coruja-do-mato (Strix virgata). Foto: D. Meller.

Alguns mamíferos foram também observados, e num dos dias que estávamos lá, um grupo de turistas avistou uma onça-parda na trilha que leva ao Salto do Yucumã. Não tivemos essa sorte, mas uma vara de catetos encontramos ao longo da estrada.

Catetos na estrada do Salto do Yucumã. Foto: Carlos Neimar Kuhn.

O momento mais incrível, porém, foi quando visitamos o Salto do Yucumã. Estávamos caminhando sobre o lajedo do Salto, quando o Paulo avistou uma ave grande pousada próxima ao chão. Pensamos ser uma garça ou algo do tipo, mas um gavião-de-penacho nessa situação era algo impensável!

Jovem gavião-de-penacho no Salto do Yucumã. Foto: D. Meller.

Se houvesse uma mensagem sobre o fim de semana, seria algo sobre a beleza da floresta e a importância de sua conservação. Tem coisas que precisamos ver para crer e a natureza parece estar sempre disposta a nos mostrar suas maravilhas.

Paulo, Carlos e Dante no Salto do Yucumã.

---------------------------------------------------------------------------------
Veja também:

---------------------------------------------------------------------------------

Um comentário:

  1. Que beleza Dante! Não vejo a hora de visitar essa magnífica reserva!

    ResponderExcluir