Projeto Ave Missões: Pesquisa, Educação Ambiental e Conservação com Aves da Região Noroeste do Rio Grande do Sul

quinta-feira, 12 de dezembro de 2019

Retrospectiva 2019

Filhote de sovi, no ninho, encontrado durante
confraternização de fim de ano do grupo.
Foto: DAM.
* por Dante Andres Meller
Diversas são as razões para concluirmos que 2019 foi um ano excepcional para o nosso grupo.

Não somente por realizarmos nossas tradicionais saídas a campo, mas também por sediarmos o AvisTchê II.

Para finalizar, tivemos a tradicional confraternização de fim de ano, dessa vez celebrando 10 anos da fundação do Ave Missões, onde fomos presenteados pelo encontro de um ninho de sovi em frente aonde estávamos reunidos.

Grupo Ave Missões reunido na confraternização de fim de ano de 2019. Foto: Ataiz C. de Siqueira.

Saídas a campo

Em 2019 foram realizadas 7 saídas a campo. Tivemos a participação de 17 pessoas, com média de pouco mais de 6 participantes por saída, destacando-se as saídas da Terra Indígena do Guarita e de Santa Rosa, com 9 participantes cada. A riqueza total observada ao longo das 7 saídas foi de 311 espécies, com uma boa média de 112 espécies por saída, e destaque paras as saídas de Garruchos e do PE do Espinilho, com 142 e 141 espécies, respectivamente. Destacamos também que 19 espécies ameaçadas de extinção no RS foram registradas ao longo das saídas e que 116 espécies foram exclusivas a apenas uma saída.

Tabela de saídas do Grupo Ave Missões ao longo do ano de 2019.
___________________________________________________________________________________________________________________
Saídas mensais
Local*
Participantes
Riqueza de espécies
Espécies ameaçadas
Espécies exclusivas à saída
Janeiro
6
109
0
4
Fevereiro
5
82
0
3
Abril
3
142
2
19
Maio
9
122
7
20
Junho
5
141
6
43
Julho
9
59
0
1
Outubro
8
132
7
26
Total
7
17
311
19
116
     ___________________________________________________________________________________________________________________
   * Em forma de link, junto aos locais encontram-se os relatos de cada saída, e, junto à riqueza de espécies, está o link para as listas.

Locais visitados

Esse ano ficamos impossibilitados de cumprir toda a agenda programada e 4 saídas tiveram que ser canceladas, incluindo as de Cerro Largo, São Borja, São Francisco de Paula e Lagoa do Peixe ou Esteros do Iberá. Por outro lado, visitamos locais bastante significativos, especialmente na região noroeste, como o PE do Turvo, a TI do Guarita e Garruchos. Também visitamos pela primeira vez um local do município de Santa Rosa e outro de Independência. Destacada foi igualmente a saída para o PE do Espinilho. Por fim, a confraternização do grupo foi em Entre-Ijuís, na Cascata dos Guaranis.


Analisando...

Em termos de espécies observadas, os destaques foram as saídas de Garruchos e do PE do Espinilho, seguidas pelo PE do Turvo e pela TI do Guarita.


Com 311 espécies observadas ao longo do ano, registramos cerca de 44% da avifauna do Rio Grande do Sul, considerando as 704 espécies da lista atual. Alguns dos destaques desse ano foram o tucanuçu, o murucututu-de-barriga-amarela, a corruíra-do-campo e o gavião-asa-de-telha.


 
 

Neste ano pudemos observar 19% das espécies ameaçadas no Rio Grande do Sul, com destaque para o gavião-pato, observado na TI do Guarita, e para o estalador, observado tanto em Garruchos como no PE do Turvo.


 

Em termos comparativos, as saídas de 2019 ficaram um pouco abaixo em números do que as dos anos anteriores. O cancelamento de 4 saídas certamente foi o que contribuiu para isso. Porém, o fato é justificado por conta dos preparativos do AvisTchê II, que demandaram especial atenção por parte do grupo.


Avistchê II

Sobre o evento não preciso me estender muito, já que teve uma postagem apropriada para isso (veja aqui). Só quero lembrar que no evento fizemos o lançamento do Baita Ano 2020 e que o próximo ano deverá prometer...


Um muito obrigado a todos que contribuíram para a realização das diversas atividades do grupo em 2019, parabéns ao Ave Missões pelos 10 anos, e que 2020 seja um Baita Ano!

Galeria de Fotos









---------------------------------------------------------------------------------
Veja também:

Retrospectiva 2018
Retrospectiva 2017
---------------------------------------------------------------------------------

2 comentários:

  1. Show!!! Como disse na confraternização, é um privilégio fazer parte deste grupo e mesmo quando por algum motivo não é possível participar das atividades sabemos que o Ave Missões estará nas matas e banhados registrando as aves e ajudando na sua preservação! Vida longa ao Ave Missões!!

    ResponderExcluir
  2. Belo post, parabéns! Excelente escrita e lindas imagens... Como sempre, representando a essência do Ave Missões!

    ResponderExcluir