Projeto Ave Missões: Pesquisa, Educação Ambiental e Conservação com Aves da Região Noroeste do Rio Grande do Sul

terça-feira, 2 de outubro de 2012

Tucanos e araçaris do Rio Grande do Sul

Tucanos e araçaris são aves arborícolas restritas ao neotrópico. Distribuem-se desde o México até a Argentina e estão entre os elementos mais pitorescos citados dentre a fauna do continente americano e dos trópicos em geral. Com bicos excepcionalmente longos e coloridos, são aves muito vistosas, porém não é a plumagem o destaque de suas interações e sim suas vozes, também muito peculiares (Sick 1997).

Araçari-poca (Selenidera maculirostris) macho no Parque Estadual do Turvo. Foto: Alfieri Callegaro.

No Brasil ocorrem 21 espécies da família dos tucanos (Ramphastidae). Cinco espécies estão presentes no território gaúcho, sendo a mais comum delas o tucano-de-bico-verde. As outras quatro espécies são menos comuns e todas enquadram-se em alguma categoria de ameaça de extinção no estado.

Tucano-de-bico-verde (Ramphastos dicolorus) em Frederico Westphalen. Foto: D. Meller.

O maior de todos, o tucanuçu, ocorre esparsamente ao longo do território gaúcho.

Tucanuçu (Ramphastos toco) no Parque Estadual do Turvo. Foto: D. Meller.

As outras três espécies (araçaris) estão restritas a áreas florestadas na região do Alto Uruguai e nas Missões.

Araçari-castanho (Pteroglossus castanotis) no Parque Estadual do Turvo. Foto: D. Meller.

Frequentemente araçaris e tucanos abandonam as matas para procurar alimento em pomares de habitações humanas, especialmente em invernos onde haja escassez de frutas nas matas. Essa situação pode expô-los a riscos, já que popularmente é atribuído a eles a fama de predarem ninhos de outras aves, o que não corresponde bem à verdade. Agindo assim, tucanos são excelentes controladores dos índices de populações de outras espécies, impedindo que elas venham a tornar-se superpopulosas (Bencke et al. 2003).

Araçari-banana (Pteroglossus bailloni) no Parque Estadual do Turvo. Foto: D. Meller.

---------------------------------------------------------------------------------
Veja também:

Brincando de pega!? curió X coleiro-do-brejo
---------------------------------------------------------------------------------

11 comentários:

  1. Muito bom , Dante ! São realmente espécies incríveis...

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu, Paulo! São símbolos de nossa fauna e importantes dispersores de sementes também. Forte abraço!

      Excluir
  2. Que lindos!Por aqui sempre vejo os tucanos de bico verde. São bem comuns, ainda bem que o pessoal não maltrata mais do tucanos, pois havia o pensamento que a ave era má e destrói ninhos. Mas é o papel dela na natureza!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal, Juli!
      É bom saber que as pessoas estão começando a respeitar os animais. Educação é fundamental...

      Excluir
  3. Belas fotos. O A. Castanho vimos lá no Parque. Muito bonito.
    Rafael Ritter

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado, Rafael! O araçari-castanho e o tucano-de-bico-verde costumam aparecer bastante fora da área do parque, os outros já é mais difícil. Abraço

      Excluir
  4. qual é a cor dos ovos.?pois no grtamado da casa achei um ovo verde com pintas brancas, e tem bastante tucanos de bico verde por lá..

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Não sei a cor dos ovos do Tucano, mas dá uma olhada no ovo do anu-branco, é bem parecido com o que vocÊ descreveu: http://www.wikiaves.com.br/393612&t=s&s=10504
      Além do mais, tucanos costumam pegar ovos de ninhos de outras aves... Abraço

      Excluir
  5. Vimos ontem um Tucanuçu no morro da Embratel em Picada Café...ficamos hipnotizados ate ele desaparecer.

    ResponderExcluir
  6. Vimos ontem um Tucanuçu no morro da Embratel em Picada Café...ficamos hipnotizados ate ele desaparecer.

    ResponderExcluir
  7. Vimos ontem um Tucanuçu no morro da Embratel em Picada Café...ficamos hipnotizados ate ele desaparecer.

    ResponderExcluir