Projeto Ave Missões: Pesquisa, Educação Ambiental e Conservação com Aves da Região Noroeste do Rio Grande do Sul

terça-feira, 24 de março de 2015

No alto duma grápia havia uma harpia...

* por Dante Andres Meller
Harpia no Turvo. Foto: Dante Meller.
Há sete anos, enquanto foliava o livro vermelho da fauna ameaçada de extinção no RS, descobri que a maior águia brasileira, a harpia, possuía ocorrência em nosso estado.

Os registros eram bem antigos, mas um ponto de interrogação pairava sobre o Parque Estadual do Turvo: será que...?

Sonhava com esse dia... e de bom senso temia que nunca chegasse. Ver a harpia é o sonho de muitos observadores de aves. Vê-la na Mata Atlântica, porém, é praticamente um milagre!

O sonho eu já havia realizado na Amazônia há alguns anos atrás, mas o milagre ainda estava por acontecer...

Tão difícil quanto encontrar a harpia está sendo achar palavras que expressem a singularidade e a totalidade desse momento. Certamente não conseguirei descrever apropriadamente... sei dos meus limites. No entanto, tentarei expressar a alegria de um coração vibrante ao ver uma harpia pousada em uma grápia no Parque Estadual do Turvo.

A harpia é uma ave que fascina a todos. Seu tamanho, sua altivez, força e raridade são alguns dos atributos que lhe conferem um status mítico entre as aves. Observá-la em liberdade é claramente uma situação de privilégio. Agora, ver uma harpia no Rio Grande do Sul em 2015 vai além de ser um privilégio, é algo próximo a irrealizável, adquire meio que um ar de graça. O que eu posso concluir sobre receber uma graça dessas: vai muito além de meus méritos... muito mesmo!

Harpia fotografada no Parque Estadual do Turvo. Foto: Dante Meller.

A harpia é a águia mais poderosa do mundo. Ela habita o profundo da vasta e densa selva. Nesse ambiente ela patrulha seu território pelas copas das grandes árvores. Tudo observa, tudo vê, tudo espreita... Tudo isso com uma paciência e tranquilidade que parecem não lhe combinar. Uma segurança de quem não teria muito o que temer, exceto se o bicho homem não tivesse gosto por espingardas e motosserras...

Harpia fotografada no Parque Estadual do Turvo. Foto: Dante Meller.

Apesar de parecer tranquila quando pousada, ao se lançar em voo a harpia revela a força de suas asas, com batidas poderosas. Seu enorme tamanho, porém, não impede que realize manobras rápidas entre as copas das árvores, onde surpreende macacos e outros mamíferos arborícolas. Suas patas são massivas e arrebatadoras, podendo ser comparadas à mão de uma criança, com garras de cerca de 8 centímetros. Sua envergadura pode passar de 2 metros! É um animal fascinante mesmo...

Harpia se lançando em voo no Parque Estadual do Turvo. Foto: Dante Meller.

Depois de sete anos procurando ela pelo Turvo, o dia finalmente chegou. Mas o que dizer sobre isso? Vê-la me fez perder o sentido, a direção. O que fazer com algo tão especial? Parece um sonho... Um momento repleto de sentimentos vibrantes. Sentimentos que direcionam questões existenciais do tipo: E agora o que a vida quer de mim? O que Deus quer dizer com isso tudo? Como retribuir tamanho favor? Como agradecer a altura? ...

Eis algumas questões que ver a harpia me trouxeram... O desafio agora é tentar refletir com a mesma calma e confiança que a própria harpia demonstrou ao se revelar. Se tem algo que eu aprendi com tudo isso é que Esperança vem do verbo Esperar, e "quem tudo espera tudo alcança"! Deus é bom demais...

E antes que eu me esqueça: MUITO OBRIGADO TURVO por atender o pedido ao fim da postagem Turvo Maravilha...!!!

---------------------------------------------------------------------------------
Veja também:

Turvo Maravilha, nós gostamos de você!
Parque Estadual do Turvo
Uma viagem pelo Brasil
---------------------------------------------------------------------------------

47 comentários:

  1. Dante Meller, não estou acreditando, simplesmente espetacular seu registro, parabéns mesmo!
    Não só você, todos nós aguardávamos um dia um registro dessa imponente águia nas bandas do RS.
    Parabéns mesmo! Sem dúvidas um registro importantíssimo para o PE do Turvo, para a espécie, para a fauna e para a todos nós
    :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu mesmo Willian!!! É extremamente gratificante saber que a harpia ainda voa pelas matas do Turvo... Grande abraço!

      Excluir
  2. Além de ser um excelente profissional, ornitólogo, és uma excelente pessoa, tu merece meu! Viva a harpia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu mais uma vez Willian! Viva a harpia e o Turvo!

      Excluir
  3. Dante Amigo Meller !!! QUE SENSACIONAL... ... UHUUUUUUUUUU !!!
    ( o resto te digo pessoalmente ) ! UHHUUUUUUUUUUUUUUUUUUU !!!

    ResponderExcluir
  4. Muito provavelmente essa ave voltará a ser avistada nas matas do Turvo, contudo, nada se comparará a este dia memorável, em que foi redescoberta no RS.
    A partir de agora ver uma Harpia no Turvo deixa de ser um sonho, quase uma lenda, para se tornar algo real.
    Parabéns Dante, e obrigado por tua perseverança!

    ResponderExcluir
  5. Bahhhh Dante, simplesmente espetacular!!! Incrível demais!!

    Mais um motivo para que a luta pela manutenção do PE do Turvo continue, e que essa maravilha do estado continue para as futuras gerações!

    Este dia já entrou para a história da biodiversidade gaúcha!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras Jonas!!! Grande abraço!

      Excluir
  6. Dante, você está fazendo a grande diferença no Turvo.

    ResponderExcluir
  7. Parabéns pelo registro e empenho Dante!

    Abs

    ResponderExcluir
  8. Dante amigo. Se existe alguém merecedor dessa graça, esse alguém certamente é tu!
    grande abraço
    E parabéns!!

    ResponderExcluir
  9. Que momento especial! Parabéns por esse belo encontro!

    ResponderExcluir
  10. Parabéns Dante, um registro vibrante e espetacular! Incrível seu texto: "Ela habita o profundo da vasta e densa selva. Nesse ambiente ela patrulha seu território pelas copas das grandes árvores. Tudo observa, tudo vê, tudo espreita... Tudo isso com uma paciência e tranquilidade que parecem não lhe combinar". Descrição sutil e completa! O fato de não a vermos não significa que ela não está nos vendo!

    ResponderExcluir
  11. Sensacional Dante , Parabéns ! É o Sinal e pode ser reconhecido como um chamado para o Projeto AveMissões editar o Livro Aves do Noroeste do Rio Grande do Sul , o Gavião Real , A Harpia é a grande estrela desta obra ! Para frente com Coragem !

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Carlos!!! Foi um momento especial mesmo... Abraço!

      Excluir
  12. Parabéns pelo registro, realmente posso imaginar como é emocionante "descobrir" e fotografar um animal tão sensacional assim. Que seja o primeiro de muitos avistamentos dessa rainha dos céus! Abraços.

    ResponderExcluir
  13. Parabéns Dante pelo registro e descrição do momento, passas pra gente tua emoção e nos anima. "Tudo observa, tudo vê, tudo espreita"- ela também te viu e observou, e sentiu-se segura por estares aí, na luta diária da preservação.

    abraços
    Edenice

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras Edenice! Grande abraço!

      Excluir
  14. Dante, o que Ele quer é que você continue fazendo seu trabalho do jeito que está fazendo hoje. Por isso esse presente. Essa é forma que deves retribuir. Fostes merecedor.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado pelas palavras, Márcio! Certamente é a maneira mais correta a proceder... Grande abraço!

      Excluir
  15. Emocionante demais! Meus parabéns e que ela apareça em Santa Catarina também!

    Abraço,

    João P. G. Just

    ResponderExcluir
  16. Belíssimos registros, Dante! Poderíamos reproduzir tuas fotos e partes do teu relato no Blog do Wikiparques (http://www.oeco.org.br/blog-do-wikiparques)?

    Um grande abraço,

    Rafael Ferreira
    Wikiparques

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Claro Rafael!!! Será uma honra para mim e uma ótima divulgação para o Parque Estadual do Turvo! Abraço

      Excluir
  17. Imagino o "coração saindo pela boca" quando do contato visual...Parabéns pelo registro. Abraço, do tamanho do Turvo.

    ResponderExcluir
  18. Parabens Dante , imagino a emoção do momento , dada a importância do registro e o esplendor dessa rapinante.Forte abraço.

    ResponderExcluir
  19. Meus mais sinceros parabéns , Dante ! Quando li esta postagem , não pude acreditar , que bênção tu recebeste em ver este majestoso ser .Belo texto e magníficas imagens . Ainda estou sem palavras ...Espero que ela continue habitando o profundo da vasta e densa selva , como descreveste . Tive o mesmo pensamento em agradecer o Turvo Maravilha da última postagem ! Abraços . Ass.: Lucas N Porto Alegre - RS

    ResponderExcluir
  20. Meu Chapéu.. Que massaaaaa....Bah... Saber da existência dela por ai é bom demais.
    Como ja disseram. Da mais força na proteção do parque. E ainda querem represar o yucumã.
    Ha relatos não comprovados de ocorrência em aparados da serra.
    Tu merece Dante. Abraço.
    j-marcelo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu J-Marcelo!!! É sem dúvida mais um sinal do quão rica é a floresta do Turvo! Abraço

      Excluir
  21. Parabéns Dante!!! Esse registro só podia ser feito por ti, o amor que dedicas ao Parque Estadual do Turvo te torna o maior merecedor dessa alegria!!!!

    ResponderExcluir
  22. Maravilha...
    A natureza sempre sendo generosa com quem lhe admira e preserva.

    ResponderExcluir
  23. Bah, SENSACIONAL o teu registro, Dante! Parabéns, tu mereces! Abs, Marcelo Madeira

    ResponderExcluir
  24. Excelente Dante, uma oportunidade que certamente mereceste; parabéns pelo trabalho extraordinário aí no Turvo!

    ResponderExcluir
  25. Esperemos que Garabi Panambi fique apenas no papel

    ResponderExcluir
  26. O valor deste registro é realmente imensurável!! Parabéns Dante pelo lindíssimo registro e também pelo maravilhoso trabalho que tu tens desenvolvido no Turvo!! E que venham as próximas novidades... =D
    Abraço

    ResponderExcluir
  27. Parabéns!!!! Sensacional o teu achado! Mais um motivo pra preservação do Turvo!!!

    ResponderExcluir
  28. Que registro incrível!!!! Imagino a emoção de vê-la e ainda mais em plena Mata Atlântica. Um sonho!

    ResponderExcluir
  29. Ótimo registro, eu chego lá! Parabéns!

    ResponderExcluir